Dicas para deixar o filhote sempre hidratado!

Postado por Equipe Pequeno Gourmet

Hidratar o corpo é fundamental para que todo organismo funcione direitinho! Quando se trata de criança, a atenção então tem que ser redobrada, afinal, nem sempre os filhotes lembram que é hora de tomar água, ainda mais quando estão empolgados com alguma brincadeira! Para lembrar sempre desse importante hábito, a nutricionista especializada em família, Dra. Danielle Fava, nos trouxe boas dicas:

Atenção especial na hora do agito: em festinhas ou em viagens, os pequenos costumam brincar e suar muito. E nem se lembram que estão com sede.  É justamente nesses momentos que os papais devem ficar atentos à hidratação, para evitar um estresse térmico. Lembre-se de dar água a cada 15 ou 30 minutos.

Opções para hidratar: oferecer água deve ser sempre a primeira opção para hidratar, mas você também pode variar e dar água de coco, sucos de frutas (sem açúcar) ou chás como os de camomila, erva-doce, erva-cidreira, capim limão, hortelã, que são opções refrescantes que também ajudam.

O poder das frutas: as com alto teor de água como melancia, melão e abacaxi são ótimas opções para ter sempre por perto. Ainda mais na hora do lanche ou da recreação. Além de manter as crianças hidratadas, ainda dão uma dose extra de energia por conta dos nutrientes.

Evite sempre: dar sucos artificiais e refrigerantes para as crianças. Essas bebidas têm altos níveis de açúcar e sódio, que podem causar desequilíbrios e, ao invés de saciar a sede, acabam aumentando e fazendo mal à saúde no geral. Evite também oferecer isotônicos e energéticos. Eles são proibidos para os pequenos e só devem ser tomados com orientação do médico ou de um nutricionista.

Sinais de desidratação: irritação, olhos fundos e sem lágrimas, pouca urina e pele seca e sem suor. Se notar essas características, leve o filhote imediatamente ao médico.

Vale lembrar também que os bebês que têm o aleitamento materno exclusivo não precisam tomar água, o leite da mãe já supre as necessidades de hidratação. Nos dias mais quentes, a demanda do leite pode aumentar.

 

*O Pequeno Gourmet recomenda a consulta de um profissional especializado em caso de dúvida quanto a qualquer informação disponível no Portal

Imagine receber toda semana uma coletânea dos posts mais legais do Pequeno Gourmet.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER