Equilíbrio alimentar em tempos de “carne fraca”

Postado por Equipe Pequeno Gourmet

Com o escândalo das carnes adulteradas, descoberto pela Polícia Federal, na sexta-feira passada (17/3), o Pequeno Gourmet volta a falar sobre um assunto de extrema importância: a escolha dos alimentos para os nossos filhos. Como o próprio Guia Alimentar para a População Brasileira recomenda, devemos diminuir drasticamente o consumo de produtos industrializados, principalmente salsichas, nuggets e embutidos. O Pequeno Gourmet acredita ser importante evitar esse tipo de alimento.

O perigo à nossa volta

Há indícios de papelão, ácido ascórbico (vitamina C) e outros elementos químicos nas carnes muito acima do permitido por lei para maquiar o aspecto físico dos alimentos vencidos e estragados. Segundo a nutricionista Fernanda Sacolletto, todos esses produtos têm alto índice cancerígeno se consumidos em excesso, além de poderem provocar mal-estar, diarreia e febre.

De olho no pequeno produtor

Hoje, mais do que nunca, é muito importante procurar saber a procedência da comida que consumimos. A melhor estratégia, na nossa opinião, é valorizar os pequenos produtores. Sim, sabemos que eles nem sempre têm preços tão competitivos como os das grandes indústrias. Mas aqui vale a máxima do conceito de Slow Food, onde o princípio básico é o direito ao prazer da alimentação, utilizando produtos artesanais de qualidade especial, produzidos de forma que respeite tanto o meio ambiente quanto as pessoas responsáveis pela produção, os produtores e os consumidores.  

Equilíbrio alimentar

Não há necessidade de cortar totalmente o consumo de proteínas animais como a carne para aqueles que consomem esse tipo de alimento.  O importante é ir em busca do equilíbrio alimentar.

As proteínas animais são as mais completas em se tratando do valor biológico mas, se nesse momento, as mamães e papais optarem por evitar ou diminuir o consumo de carnes até se sentirem mais seguros, existem outras opções, como as proteínas vegetais acompanhadas de um grão integral:

  • Arroz integral + feijão
  • Arroz integral + lentilha
  • Arroz integral + grão de bico
  • O ovo e os peixes também são ótimas fontes de proteína
  • E podemos e devemos abusar dos legumes e das verduras para manter o bom aporte de vitaminas e minerais

Se a opção é a de retirar a carne do cardápio do filhote, é necessário procurar um médico ou nutricionista para evitar possíveis carências nutricionais.

Receitas com proteínas sem ser de carne

Enquanto aguardamos os resultados das investigações e buscamos alternativas para melhorar a alimentação da família, listamos seis receitas com outras fontes proteínas:

Risoto de pimentões com cogumelo

Sopa de abóbora, uvas e queijo de cabra

Feijão preto com tomate

Ovos mexidos com abóbora

Papinha de iogurte com framboesa

Iogurte natural com frutas e granola

 

*O Pequeno Gourmet recomenda a consulta de um profissional especializado em caso de dúvida quanto a qualquer informação disponível no Portal

Imagine receber toda semana uma coletânea dos posts mais legais do Pequeno Gourmet.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

http://pequenogourmet.com.br/receitas/ovo-mexido-com-abobora/