Fugindo dos conservantes

Postado por Equipe Pequeno Gourmet

A gente sabe que nem sempre dá para consumir só produtos fresquinhos. Um industrializado ou outro acaba entrando na nossa listinha de supermercado. E é aí que mora o perigo, porque quase não percebemos, mas os conservantes estão lá em pães, bolachas, sucos de caixinha… O Pequeno Gourmet, com a ajuda da nossa nutricionista Fernanda Saccoletto, desvendou onde se escondem os inimigos da boa alimentação para você não cair nessa armadilha.

Conheça os 4 vilões da alimentação

VilãO que ele faz?Onde ele está?
CoranteUsado para dar cor aos
alimentos
Refrigerantes, gelatinas, granulados coloridos, bolachas recheadas
AromatizanteTraz mais aroma e sabor aos industrializadosAchocolatados, sucos e bolos prontos
AcidulanteCostumam dar acidez ao imitar o gosto das frutasRefrigerantes, sucos artificiais e no leite fermentado.
EstabilizanteMantém a boa aparência de produtos industrializadosMolhos prontos, bebidas lácteas e doces, tipo flãs e pudins e papinhas prontas

Os perigos dos ingredientes artificias

Alergias alimentares: crianças que consomem muitos alimentos com corantes podem desenvolver intolerância a produtos com cores artificiais como vermelho, amarelo e laranja. Por isso, a mamãe sempre deve ficar atenta ao rótulo.

Excesso de peso: por serem feitos à base de gordura, sal e açúcar, os conservantes podem provocar obesidade e doenças relacionadas a ela, como diabetes e hipertensão.

Câncer: alguns conservantes como nitritos e nitratos, que estão nas salsichas e outros embutidos, podem ser cancerígenos se consumidos em excesso. A Organização Mundial da Saúde (OMS) já fez uma recomendação para que esse tipo de alimento seja evitado.

Opções sem conservantes

Fiquem atentos ao rótulo; muitos sucos naturais e frutas desidratadas que estão no mercado, por exemplo, não levam esse tipo de substância. Outra possibilidade é usar produtos com conservantes naturais, que têm só adição de sal (carne seca ou bacalhau salgado) ou vinagre (picles) para fazer o alimento durar mais. Você também pode preparar a refeição, com produtos fresquinhos comprados na feira. Olha só essas receitinhas práticas, rápidas e gostosas:

Bolachas: o seu filho pediu um biscoito, mas você não quer oferecer aqueles cheios de corantes e conservantes? Experimente fazer esse cookie de abóbora com nozes.

Suquinhos: você pode preparar sucos bem mais nutritivos em casa, como laranja com manga ou abacaxi com hortelã.

Lanchinho saudável: deixe a lancheira do seu filhote mais nutritiva com esse bolinho de banana pãezinhos integrais com mel e sálvia e frutinhas.

Veja mais:

A relação entre câncer e alimentação infantil

O que tem no prato do brasileiro?

O açúcar que você não vê

*O Pequeno Gourmet recomenda a consulta de um profissional especializado em caso de dúvida quanto a qualquer informação disponível no Portal

Imagine receber toda semana uma coletânea dos posts mais legais do Pequeno Gourmet.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER