Mastigação: como ela ajuda os pequenos a terem dentes saudáveis

Postado por Equipe Pequeno Gourmet

A gente já mostrou na série sobre mastigação do Pequeno Gourmet, o quanto o filhote ganha em saúde quando desenvolve bem a sua maneira de mastigar. E isso também inclui a formação dos dentinhos e da mordida. Para entender essa relação, conversamos com o Dr. Dalton Ladeira, cirurgião dentista especialista em odontopediatria, e o Dr. Marcelo Fava, diretor técnico da Odontologia do Instituto da Criança-HC FMUSP.

A maneira certa de mastigar!

Para o Dr. Dalton Ladeira, o processo de mastigação não pode ser ensinado, ele é automático, como quando seu filhote começa a andar. Mas existem maneiras de estimular para que a mastigação seja a melhor possível, a principal delas é fazendo a boa transição alimentar. Com a dieta baseada em novas consistências e texturas (do líquido para o pastoso, e do pastoso para o sólido), e com o nascimento dos incisivos superiores e inferiores, acontece uma evolução no posicionamento dos maxilares. E é nesse momento, através do contato dos dentes superiores e inferiores que o bebê costuma encontrar sua primeira oclusão de mordida e começa a cortar os alimentos. Segundo o Dr. Marcelo, é também importante estimular o pequeno a mastigar o alimento diversas vezes, antes de engolir. Esse tipo de hábito é positivo e reflete na vida adulta. O ideal é que a mastigação seja bilateral (dos dois lados) e, enquanto os dentes da frente cortam os alimentos e os dentes de traz trituram.

Dentes x Mastigação

O ato de mastigar tem tudo a ver com os dentinhos do seu filhote. O Dr. Fava conta que são os problemas da dentição, aliás, que podem influenciar na qualidade da mastigação. Cáries, restaurações desgastadas, ausência de algum elemento dentário ou complicações ligadas à má oclusão (mordida cruzada ou aberta) estão na lista dos que mais podem afetar a maneira de mastigar dos pequenos. Vale lembrar que a criança pode ter problemas na articulação temporomandibular ou respiratórios (rinite, hipertrofia das adenoides) acarretando maiores dificuldades nessa hora. Já o Dr. Ladeira ressalta que, além das complicações dentárias, os hábitos como escolher de forma incorreta bicos de chupetas e mamadeiras, errar na posição do aleitamento e a sucção prolongada do dedo, também influenciam para a dificuldade na hora da criança mastigar corretamente. Nesses casos, a mamãe deve sempre consultar a fonoaudióloga e o dentista de confiança.

O que acontece quando seu pequeno mastiga mal…

A forma de mastigar errada desde a infância pode trazer consequências para a vida adulta. Veja só algumas delas:

Má oclusão: pode afetar o desenvolvimento das arcadas dentárias, mordidas abertas, cruzadas, alterações na fala, dificuldade de respirar e até de falar.

Disfunções na ATM: a mastigação incorreta na infância pode causar na vida adulta assimetrias na face e problemas na articulação temporomandibular (que liga o crânio a mandíbula), o que pode gerar sintomas como dores de cabeça, de ouvido, ruídos, estalos e dores ao mastigar.

Má digestão: outra consequência que pode chegar na vida adulta do pequeno que hoje mastiga mal são os problemas digestivos, dores abdominais, enjoos e até vômitos.

Obesidade: mastigar rapidamente vai fazer com que o cérebro do seu filhote não receba informações dos receptores do ligamento periodontal, responsáveis por mostrar que o estômago já está cheio. Com menor sensação de saciedade a criança come mais e, consequentemente, pode apresentar quadro de obesidade agora e na vida adulta.

…. E quando ele mastiga bem

Nesse caso segundo o Dr. Marcelo e o Dr. Dalton, acontece todo o processo ao contrário: a criança tem o bom desenvolvimento de funções como a respiração, deglutição e fala, mostra um crescimento facial harmonioso e proporcional, tem uma oclusão perfeita, arcos dentais equilibrados, uma boa digestão e um ótimo desenvolvimento!

 

 

*O Pequeno Gourmet recomenda a consulta de um profissional especializado em caso de dúvida quanto a qualquer informação disponível no Portal

Imagine receber toda semana uma coletânea dos posts mais legais do Pequeno Gourmet.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER