Qual é a melhor atividade física para o seu filhote?

Postado por Equipe Pequeno Gourmet

Quer descobrir como deixar o seu filho longe da obesidade? Aposte na alimentação saudável e na atividade física! Colocar a criançada para se movimentar praticando esporte ou curtindo a infância com várias brincadeiras, principalmente ao ar livre, é garantir ainda mais saúde para eles! A professora de educação física Rosana Gregório Ferraz e a nutricionista Gabriela de Moura Kirmayr, do projeto “Bem Me Quer Sports” explicaram para o Pequeno Gourmet.

O melhor exercício para cada idade!

Desde bebê, seu filho pode começar a se movimentar em atividades como  natação junto com a mamãe ou o papai! Até os 4 anos, os pequenos não têm muita noção de regras de jogos coletivos, mas nessa fase vale a pena incentivar práticas que ajudam no desenvolvimento como o judô, a dança e a capoeira. Dos 5 aos 7 anos, a criança já está pronta para esportes como o futebol, e os que exigem mais esforços físicos: ginástica rítmica, artística, tênis e circo. A partir dos 8 anos, eles já começam a conhecer seus próprios limites corporais e também que tipo de exercício se identificam mais. Neste momento o seu filho está preparado para escolher o que mais gosta!

O que dar de comer e beber antes e depois da atividade física   

Meia hora antes: um líquido (água de coco, suco natural), uma fonte de carboidrato – de preferência integral (pão, torrada, cereal, granola) e uma proteína (queijo, iogurte). Procure servir um lanchinho leve e não muito farto nessa hora, para que a digestão seja rápida e não atrapalhe o desempenho durante o esporte.

Depois da prática: se o seu filho fizer exercício físico no fim do dia, o lanche pós-treino pode ser o jantar! Mas se a atividade terminar muito antes de alguma refeição principal, ofereça um snack.

Porque os pais podem e devem estimular

A criança não demonstrou nenhum interesse em praticar exercícios físicos? Estimule! Os pais têm um papel muito importante quando o assunto é incentivar o pequeno a praticar algum tipo de atividade. E o papai ou a mamãe podem começar seguindo algumas dicas:

  • Dê o bom exemplo: assim como na alimentação, seu filho pode se espelhar muito em você. Pratique alguma atividade física, isso faz bem para sua saúde e estimula a criançada a estar em movimento ! Vale também mostrar que esse momento é de alegria e lazer e não de obrigação e puro cansaço.
  • Crie novos hábitos: comece incentivando as atividades físicas aos poucos. Que tal ir com o seu filho a pé até a padaria, buscá-lo na escola sem carro ou subir de escada ao invés de usar o elevador de vez em quando?
  • Descubra os talentos: comece a notar o quanto a criança gosta de dançar, jogar futebol, lutar… Alguns traços da personalidade podem ajudar você a saber onde apostar! Para os maiorzinhos, invista em um bate papo perguntando que tipo de atividade ele mais gosta!
  • Experimente: o pequeno não gostou de futebol? Tente uma aula de luta, ginástica olímpica, tênis… Nem sempre vamos acertar de primeira, portanto variar as opções de atividades é tão importante quanto variar o cardápio das crianças!

Veja mais:

Pode fazer atividade física na gravidez?

Segundo pesquisa, crianças passam menos tempo ao ar livre que presidiários

7 maneiras de turbinar a imunidade do seu filho

 

 

*O Pequeno Gourmet recomenda a consulta de um profissional especializado em caso de dúvida quanto a qualquer informação disponível no Portal

Imagine receber toda semana uma coletânea dos posts mais legais do Pequeno Gourmet.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER