7 maneiras de turbinar a imunidade do seu filho

Postado por Mamãe

Sabemos que as mamães e os papais estão preocupados em proteger os seus filhos neste início de temporada de gripes, especialmente, com o aumento nos casos de H1N1. Pois saibam que é possível melhorar a imunidade das crianças com dicas simples e que trazem benefícios para a saúde dos pequenos como um todo.

1 – Leite Materno – Repleto de nutrientes e anticorpos que protegem o bebê, principalmente o colostro, fundamental nos primeiros dias de vida do recém-nascido. O Ministério da Saúde recomenda o aleitamento materno exclusivo até o sexto mês de vida do bebê e como complemento até os dois anos.

2 – Alimentação – Manter uma dieta saudável garante a ingestão de vitaminas e nutrientes que fortalecem e melhoram as defesas do organismo. Capriche na variedade para não deixar nenhuma vitamina importante de fora no dia-a-dia das crianças. Para estimular as crianças, lance mão da criatividade, inspire-se com as nossas sugestões e fotos, crie pratos divertidos e leve os pequenos para a cozinha também. E procure evitar produtos industrializados.

3 – Vacinação – Mantenha as vacinas do seu filho em dia, isto é fundamental para protegê-los contra diversas doenças. Não tenha receio em relação aos efeitos colaterais, que, em sua maioria, não passa de uma febre e dor no local da picada. Em caso de dúvida, converse com o pediatra do seu filho.

4 – Higiene – A colocação da reportagem foi perfeita : “O excesso de higiene pode aumentar o risco de a criança ter alergia. Isso porque o progresso no controle de algumas infecções com vacinas e antibióticos e o distanciamento do contato com micro-organismos nas áreas urbanas fez com que as células do sistema imunológico tenham reações exacerbadas a agentes estranhos, desencadeando reação alérgica. Para que seu filho ganhe mais imunidade, deixe-o livre para explorar o mundo à sua volta. O ideal é manter os cuidados básicos de higiene, como lavar as mãos após ir ao banheiro, antes das refeições, escovar os dentes, manter a casa sempre limpa, além higienizar os utensílios e roupas da criança – mas sem paranoia!”

5 – Casa livre de cigarro – Bandeira que eu e meu marido levantamos, pois crescemos como fumantes passivos e sabemos que há inúmeros malefícios para as crianças que convivem com adultos que fumam. Estudos apontam para um aumento na porcentagem de crianças que desenvolvem bronquite, pneumonia, infecções de ouvido e até doenças cardiovasculares. Vale lembrar que mesmo que a crianças não esteja no ambiente, este fica contaminado com as toxinas presentes no cigarro. E crianças pequenas tocam tudo com as mãos e com a boca.

6 – Sol – O banho de sol é super importante, desde o primeiro mês de vida do bebê, pois contribui para o fortalecimento do sistema imunológico e ajuda na absorção da vitamina D. Mas é preciso ficar atento aos horários de exposição ao sol, o ideal é antes das 10h ou depois das 16h. Protetor solar sempre (permitido para bebês acima de 6 meses). Chapéus e bonés, também, são bem vindos.

7 – Atividade física –  “Jogar bola, andar de bicicleta, pular corda. São atividades que aumentam o número de células exterminadoras naturais, fundamentais no combate a infecções virais e células tumorais, segundo pesquisa realizada por Ranjit Chandra, imunologista pediátrico da Universidade Memorial de Newfoundland, no Canadá.” Praticar exercícios físicos contribui também para desenvolvimento da criança. Ainda ajudam a controlar o peso. É importante que as crianças gostem da atividade que estão praticando e se divirtam. Sem exageros, vale o bom senso dos pais ou responsáveis.

Outras fontes: Fátima Rodrigues Fernandes, pediatra e alergista do Hospital Infantil Sabará (SP), Gerson Matsas, pediatra do Hospital Samaritano (SP) e Rogério Pecchini, pediatra do Hospital da Santa Casa (SP).\

 

 

iconComentários

Imagine receber toda semana uma coletânea dos posts mais legais do Pequeno Gourmet.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER