Escolas livres de refrigerante

Postado por Equipe Pequeno Gourmet

Parece que os tempos estão mudando mesmo – e para melhor! O Pequeno Gourmet ficou muito satisfeito em saber que, segundo comunicados enviados à imprensa, a Coca-Cola, a Pepsi e a Ambev, a partir de agosto de 2016, deixarão de vender refrigerantes a cantinas de escolas que compram diretamente das fabricantes e de seus distribuidores. Assim, as instituições com crianças de até 12 anos oferecerão apenas água mineral, suco, água de coco e bebidas lácteas que atendam a critérios nutricionais específicos.

– Preocupação com a saúde

As companhias dizem que esta estratégia faz parte de uma mudança no portfólio de bebidas de todo o Brasil, focando na venda de produtos que hidratem e nutram, para contribuir para uma alimentação mais saudável. Elas reconhecem que a obesidade é um problema complexo e que esta nova política pode ser parte da solução, já que crianças com menos de 12 anos ainda não têm maturidade suficiente para tomar decisões de consumo.

 – Mudança no mercado de refrigerantes

As três companhias declararam que querem que essas diretrizes de venda de bebidas a escolas sejam um compromisso de todo o setor e, por isso, já estão em contato com a Associação Brasileira da Indústria de Refrigerantes e Bebidas Não Alcoólicas (Abir).

Notícia relacionada:

 Alguns motivos para não dar refrigerante para o seu filho

iconComentários

Imagine receber toda semana uma coletânea dos posts mais legais do Pequeno Gourmet.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER