O que tem na sopa do neném? Tem longevidade!

Postado por Equipe Pequeno Gourmet

De acordo com o Professor Vladimir Khavinson, diretor do St. Petersburg Institute of Bioregulation and Gerontology, na Rússia isso será possível. Daqui a 60 anos, a expectativa de vida poderá ultrapassar bem mais de 100 anos. Foi o que revelou um estudo que diz ser possível retardar o processo de envelhecimento biológico graças a medicamentos que vão interagir com nosso DNA, mantendo algumas funções do organismo por mais tempo. Vários países europeus estão em negociações para iniciar testes com esse tipo de drogas. Embora especialistas afirmem que a sua utilização não é suficiente se a pessoa não conseguir  manter um estilo de vida saudável. Então, se você quer que seu filho chegue lá é preciso criar bons hábitos desde cedo. Dar prioridade a alimentos frescos, incentivar a brincadeiras ao ar livre,  praticar esportes e a levar uma vida menos estressada, são algumas sugestões para um envelhecimento mais saudável.

Os efeitos colaterais desses tratamentos, e se eles poderiam render mais anos com qualidade de vida, ainda estão em discussão, diz o professor Vladimir Khavinson. “É importante entender que ninguém quer viver uma vida longa com pouca saúde. O objetivo principal para nós é permitir que as pessoas se mantenham saudáveis pelo maior tempo possível durante a velhice.”

 

Veja mais:

O estilo de vida associado a obesidade infantil

A infância passa, o peso fica…

Crianças que vêem muita TV e jogam muito videogame podem ter maior risco de diabetes

iconComentários

Imagine receber toda semana uma coletânea dos posts mais legais do Pequeno Gourmet.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER