O consumo de leite dos pais pode influenciar o dos filhos

Postado por Equipe Pequeno Gourmet

Aqui no Pequeno Gourmet a gente sempre mostra que os hábitos alimentares dos pais influenciam bastante na forma de comer dos filhos. E com o leite não é diferente. Um estudo feito na Universidade da Pennsylvania, nos Estados Unidos, mostrou que o consumo de leite pelos pais é proporcional ao dos filhos.

A pesquisa analisou 100 mães e suas filhas de 5 anos por três meses. O resultado foi de que as mães que consumiam mais leite, também tinham filhas que tomavam quantidades semelhantes da bebida, enquanto aquelas que bebiam mais refrigerante faziam as filhas terem o mesmo comportamento.

E isso reforça a tese de que a relação pais x comida x filhos é sempre muito presente. Mas, quando falamos do leite qual é de fato a sua importância na alimentação infantil? Foi o que o Pequeno Gourmet perguntou para nutricionista especializada em família Dra. Danielle Fava, confira:

A importância do leite na alimentação infantil

O leite tem uma função nutritiva importante na dieta das crianças. Afinal, o primeiro contato alimentar do bebê é com o leite materno, que oferece os nutrientes necessários até os seis meses do pequeno. Logo após o desmame, a introdução de leite de vaca, cabra ou búfala traz cálcio e proteínas de alto valor biológico para as crianças. Há ainda o auxílio no crescimento, na manutenção dos ossos e dentes, com o fósforo, e a presença de vitamina B, que está associada ao funcionamento neuromotor.

Ponto de atenção

Vale a pena prestar atenção nas associações que se faz com o leite. Depois da amamentação, alguns pais costumam inserir o leite com achocolatado ou prontos em caixinha que podem ser prejudiciais à saúde por conta da presença de conservantes e do alto teor de açúcar. As farinhas e mucilagens que servem para deixar o leite mais encorpado também são dispensáveis.

E a criança que não pode tomar leite?

É comum que a intolerância à lactose ou a alergia ao leite de vaca e seus derivados comece na infância, o que faz com que as crianças não possam, por tempo indeterminado, consumir produtos com leite. Mas, o que fazer nesses casos?

A resposta é procurar produtos que contenham cálcio e possam suprir essa necessidade nutricional. Aqui no Pequeno Gourmet a gente já fez um post com as fontes alternativas de cálcio, que vale a pena ser consultado. Entre os alimentos que podem trazer esse nutriente estão a sardinha, o brócolis e o espinafre.

No caso do leite vegetal, a Dra. Danielle diz que nem sempre ele pode ter todos os nutrientes juntos, como no leite de vaca. Vale complementar a dieta com outras fontes de cálcio, como os vegetais verdes escuros, as leguminosas e oleaginosas.

iconComentários

Imagine receber toda semana uma coletânea dos posts mais legais do Pequeno Gourmet.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER