Saúde na mesa sem surpresa

Postado por Equipe Pequeno Gourmet

A gente tem falado muito por aqui sobre a industrialização do pratinho das crianças: cada vez mais embalagens cheias de coisas artificiais teimam em entrar nas nossas vidas e na lancheira. Esse assunto ganhou a mídia recentemente por causa de uma séria de ações pró e contra os ultraprocessados e dos números da balança que só vem subindo. A obesidade e o sobrepeso são um problema que tem cada dia mais sentado à mesa das famílias e tirado o apetite dos especialistas. Isso não é à toa, nas últimas décadas, nossos hábitos alimentares mudaram demais e as folhas verdinhas e ingredientes fresquinhos foram substituídas por caixas, latas e embalagens coloridas. E tem muita gente, como nós do Pequeno Gourmet, preocupada com isso por aí.

Uma campanha cheia de saúde

Essa semana, a Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável, uma rede de organizações e profissionais ligados à nutrição, lançou uma grande campanha de conscientização sobre o perigo que vem dentro das caixinhas que compramos no supermercado, o objetivo é evitar que industrializados cheios de açúcar e gordura ganhem o paladar dos pequenos sem a nossa permissão. Com o mote “Você tem o direito de saber o que come”, a ação, que conta com o apoio de famosos e especialistas em alimentação saudável, como a apresentadora Bela Gil,  explica de forma bem clara o quanto de caloria vazia consumimos nos produtos ultraprocessados e como isso tem impactos na saúde.

O vídeo de divulgação mostra uma família tomando café da manhã e coloca em discussão o marketing não muito verdadeiro dos produtos vendidos como saudáveis que não fazem nada bem para a saúde. Por isso, além de alertar as pessoas sobre o consumo desses itens, a entidade apoia melhorias nos rótulos dos alimento, para todo mundo saber direitinho o que tem dentro de cada embalagem.

Ficar de olho no rótulo é uma coisa que a gente sempre fala por aqui, mas sabemos que ele continua escondidinho, com letras pequenas  e um monte de nome difícil, por isso essa iniciativa é tão legal e importante para ajudar nas nossas escolhas alimentares.

Receita de família

Incluir alimentos saudáveis e comida de verdade na rotina das crianças é uma das missões mais importantes de papais e mamães, mas pra ter sucesso é preciso fazer sentido de verdade na vida da família inteirinha. Se nós continuarmos escolhendo, para a nossa fominha, o pacote de bolacha recheada  e o refrigerante, fica bem difícil convencermos as pessoinhas a optar pelo lanche saudável. Essa é uma decisão muito séria: criança come melhor quando os pais comem bem. Então, pra todo mundo crescer cheio de energia, vamos fazer um teste do bem? E se, ao invés do lanchinho industrializado optarmos por uma fruta que também já vem pronta? Que tal convidar os gourmetzinhos para preparar um pratinho especial, participando desde as escolhas dos ingredientes? É uma delícia comer um bolinho no lanche da tarde, mas já pensou reunir a turminha e fazer as próprias receitas?

Comer bem, no fim, tem mais a ver com simplificar do que qualquer outra coisa, e o resultado dessas escolhas faz toda a diferença. Quem não se lembra com carinho de tortas e pãezinhos feito com todo amor na cozinha da vovó, sem nenhum ingrediente de nome estranho?

Não tem jeito, a mudança começa com a nossa atitude na escolha de cada papá. E se todo mundo mudar pequenos hábitos em casa, no final a gente consegue fazer um mundo mais gostoso e sem conservantes.

Que tal fazer parte desse projeto e encher lancheiras e pratinhos de pura saúde?

*O Pequeno Gourmet recomenda a consulta de um profissional especializado em caso de dúvida quanto a qualquer informação disponível no Portal

Imagine receber toda semana uma coletânea dos posts mais legais do Pequeno Gourmet.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER