O jeito certo de congelar as frutas para as crianças

Postado por Equipe Pequeno Gourmet

As frutas congeladas ocupam cada vez mais as geladeiras de casa e dos supermercados. Muitas mamães fazem essa escolha pela praticidade e também por vê-las durar por mais tempo. Mas, congelar as frutas é mesmo uma boa opção? Para esclarecer essa dúvida, o Pequeno Gourmet conversou com a nutricionista Dra. Jacqueline Moniz, que nos deu dicas preciosas sobre o assunto!

Vantagens das frutas congeladas

Pouca perda de nutrientes: muita gente fica receosa em congelar as frutinhas por medo de elas acabarem perdendo os nutrientes. Claro que para ter o aproveitamento total de todas as propriedades da fruta, o consumo in natura é sempre melhor. Mas, na versão congelada, não há uma perda muito grande: somente 15% dos nutrientes deixam de existir com o congelamento.

Mais tempo na geladeira: algumas frutinhas acabam estragando em pouco tempo, o que pode fazer com que a mamãe não consiga garantir um estoque muito grande delas na geladeira. Já quando são congeladas, certas frutas como morango, abacaxi e banana podem durar até 9 meses!

A safra da fruta preferida o ano todo: sabe quando seu filhote decide pedir ameixa no meio do ano? Ou jabuticaba no verão? Com as frutas congeladas, você consegue satisfazer esses desejos, que podem parecer impossíveis por estarem fora de época. É só garantir um estoque deles na época certa e congelar!

O jeito certo de congelar as frutinhas

Não há restrições, a mamãe pode escolher entre já comprar as frutas congeladas ou fazer isso em casa. Se a ideia for congelar sozinha, algumas dicas podem ajudar a armazenar as frutas corretamente, ao natural (sem açúcar ou calda). Confira:

Abacaxi: corte em fatias ou pedaços e congele.

Ameixa: o ideal é cortá-la ao meio antes de congelar.

Amora: congele ao natural e deixe para lavar depois, somente na hora do consumo.

Cereja: antes de congelar, lave, seque e tire o caroço da fruta.

Coco: é possível congelar ao natural, em pedaços ou mesmo ralado.

Figo: congele inteiro e, na hora de servir, não deixe descongelar totalmente.

Goiaba: congele em suco ou em pedaços, com ou sem as sementes.

Jabuticaba: prefira congelar inteira.

Laranja: deve ser congelada em gomos, sem a pele branca e sem sementes, se preferir em forma de suco, esprema levemente, para que fique com mais gominhos.

Limão: o ideal é congelar em forma de suco. Dá para raspar a casca, guardar em vidrinhos e aproveitar em bolos.

Maçã: descasque, corte em fatias e retire as sementes, depois, mergulhe em uma solução de água e sal (2 litros de água e 1 colher (sopa) de sal) por 5 minutos. Congele com algumas gotas de limão ou laranja, para evitar a oxidação.

Maracujá: bata ligeiramente e congele como suco.

Manga: descasque e corte em fatias antes de congelar.

Melão: corte e descasque antes de congelar.

Pera: também deve ser congelada com gotas de limão ou laranja.

Pêssego: descasque e retire o caroço, congele com gotas de limão ou laranja.

Uva: bata as uvas no liquidificador e congele em forma de suco.

 

*O Pequeno Gourmet recomenda a consulta de um profissional especializado em caso de dúvida quanto a qualquer informação disponível no Portal

Imagine receber toda semana uma coletânea dos posts mais legais do Pequeno Gourmet.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER