Com 58% da população latino-americana obesa, a solução é apostar na “comida de verdade”!

Postado por Equipe Pequeno Gourmet

Não é de hoje que a alimentação no Brasil e no resto do mundo se baseia cada vez mais em alimentos industrializados e se distancia daquilo que é considerado saudável. Pensando nisso, a Organização Pan Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS), Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e o Ministério da Saúde organizaram um evento, em Brasília, para discutir formas de reverter essa situação. O relatório divulgado, mostrou que, pelo menos, metade da população adulta latino-americana e caribenha está com excesso de peso. São 360 milhões de pessoas, sendo 50 milhões de brasileiros que precisam lutar contra a balança e a favor da saúde.

Para mudar essa situação

No evento, a chef de cozinha e apresentadora Rita Lobo disse que é preciso fazer a alimentação ser responsabilidade de todos em casa. Ir à feira, ao supermercado, preparar o almoço, jantar, ou a marmita, cria uma proximidade e um afeto com o preparo da “comida de verdade”. Isso faz também com que as pessoas deixem de lado o costume de só optar por alimentos prontos, industrializados e cheios de substâncias que podem fazer mal ao nosso organismo.

Para ajudar a identificar essa “comida de verdade”, o Ministério da Saúde, a OPAS/OMS e a Universidade de São Paulo (USP) lançaram o Guia Alimentar para a População Brasileira. Uma cartilha muito legal, que mostra opções de refeições e bebidas saudáveis, adaptadas à disponibilidade dos alimentos em cada região do país.

O Pequeno Gourmet apoia ideias e projetos que estimulem a alimentação saudável dos adultos e das crianças. Deixar de lado os industrializados e priorizar a comida caseira é também a nossa bandeira para melhorar a saúde de todos no mundo.

 

iconComentários

Imagine receber toda semana uma coletânea dos posts mais legais do Pequeno Gourmet.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER