Licença-paternidade estendida

Postado por Equipe Pequeno Gourmet

Oba! O papai vai poder ficar mais em casa ajudando a mamãe depois que o bebê nascer. Essa é a orientação do Ministério da Saúde que lançou, no início de agosto, um documento para incentivar pais e empresas sobre o benefício da licença-paternidade estendida. Agora eles vão poder prorrogar de 5 para 20 dias o período de recesso, desde que fique comprovado o seu envolvimento com o desenvolvimento da criança. O benefício é concedido a funcionários de empresas que aderiram ao Programa Empresa Cidadã.

O que o papai tem que fazer

Entregar a declaração do profissional de saúde informando a participação no pré-natal, em atividades educativas durante a gestação ou visita à maternidade. Também poderá ser entregue o comprovante do curso online Pai Presente: cuidado e compromisso.

“Amamentar: ninguém pode fazer por você. Todos podem fazer junto com você”

A campanha da Semana Mundial de Amamentação deste ano teve como objetivo fortalecer a participação e o cuidado de pais, familiares, empresas, educadores e toda a sociedade no processo de aleitamento, garantindo a alimentação exclusiva com leite materno até os seis meses de vida.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) e o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a amamentação é uma das formas que mais garante a saúde e a sobrevivência dos recém-nascidos. Ela é capaz de reduzir em 13% a mortalidade nas crianças menores de 5 anos, principalmente em casos de doenças que podem ser prevenidas, além de proteger os pequenos contra diarreia, infecções respiratórias e alergias.

Veja mais:

Amamentação e afeto

Papai, quero banana com canela!

O menu do papai

iconComentários

Imagine receber toda semana uma coletânea dos posts mais legais do Pequeno Gourmet.

ASSINE NOSSA NEWSLETTER